Microrganismos indicadores, Staphylococcus aureus



Microrganismos indicadores, entenda mais sobre esses seres e como eles podem ser um importante avaliador de saúde.

A contaminação da água e de alimentos são uma das principais formas da população ser exposta a patógenos.

Por isso, é muito comum se utilizar de microrganismos indicadores para analisar a qualidade da água e dos alimentos consumidos pelas pessoas.

Dessa forma, aqueles que trabalham na área da saúde precisam conhecer e ficar cientes de quem são esses seres e o que a presença deles pode indicar.

Pensando nisso, hoje abordaremos sobre esse tema importante para que você entenda sobre o assunto e possa se tornar um profissional melhor e mais qualificado. Vamos lá?

Quais as características dos microrganismos indicadores?

Escherichia Coli, Microrganismos indicadores

Descrição Acessível: Imagem do microrganismo Escherichia Coli de cor avermelhada, sozinho em um fundo escuro. Sua forma tem o formato de um bastão com diversas extensões semelhantes ao cabelo saindo do seu corpo. Em sua base estas extensões são bem maiores.

Quando se encontra um microrganismo indicador na água ou em alimentos, eles acabam sinalizando algumas coisas, como:

Por esse motivo, saber identificar quais seriam os seres vivos indicados para assumir esse papel é essencial.

Para isso, existe um conjunto de características únicas que nos ajudam a classificar quando um ser é bom ou não para ser usado para esse fim. São elas:

  • Ser de fácil e rápida detecção;
  • Ser facilmente diferenciado de outros seres presentes na microbiota do alimento;
  • Não pode ser um contaminante que seria normalmente encontrado no alimento;
  • Quando o patógeno estiver presente, esse microrganismo também precisa, necessariamente, estar junto;
  • Se o patógeno estiver ausente, esse microrganismo também não pode aparecer;
  • O número da presença desse microrganismo deve ser similar ao número da presença do patógeno;
  • E suas necessidades de crescimento, além da sua velocidade de morte, devem ser similares as do patógeno.

Se todas essas características estiverem presentes, pode-se dizer que o microrganismo em questão, pode ser usado como indicador.

Como exemplo, temos a Escherichia Coli, uma bactéria muito utilizada para identificar se existe contaminação fecal na água ou nos alimentos.

Para um melhor entendimento, explicaremos sobre esse e outros patógenos a seguir.

Quais os principais microrganismos indicadores usados atualmente?

vírus

Descrição Acessível: Imagem desenhada simulando um vírus parado em cima de um organismo. Tanto o vírus quanto o organismo possuem tonalidades de verde.

Dentre os vários microrganismos existentes no mundo, sejam eles, bactérias, vírus, fungos ou parasitas.

Alguns são usados para auxiliar a humanidade para combater doenças ou outros problemas enfrentados pelas pessoas.

Dessa forma, os microrganismos indicadores vêm para auxiliar nesse processo e, por isso, apresentaremos a você os principais.

Coliformes fecais

Os coliformes fecais englobam um grupo de bactérias que são encontrados em grande número nas fezes humanas.

Para você ter uma ideia, em torno de 200 bilhões de coliformes fecais são eliminados pelos humanos diariamente.

E, como se sabe, as fezes são um meio de propagação de diversas doenças, por isso, quando esses coliformes fecais estão presentes na água, isso indica uma contaminação maciça da mesma.

Infelizmente, são muitas as razões para que isso ocorra, sendo, a principal delas, um saneamento básico inadequado.

Logo, quando se contamina os rios com esgoto e não se dá o tratamento adequado a essa água, ela será utilizada por outras pessoas para a lavagem de alimentos ou para consumo.

Em decorrência disso, acaba se instalando um ciclo prejudicial a saúde, com várias pessoas se contaminando, lançando mais coliformes no esgoto e contaminando outros seres humanos.

Dentre esses indicadores, temos como principal, a Escherichia Coli, a qual, será explicada com mais detalhes agora.

Escherichia Coli

Essa bactéria gram-negativa encontrada no trato intestinal dos seres humanos é usada, desde 1892, como indicadora de contaminação fecal, seja na água ou nos alimentos.

Outro motivo que faz essa bactéria ser pesquisada para determinar as qualidades sanitárias, é o fato de ter uma sobrevida incrivelmente elevada nos ambientes extra intestinais.

Ademais, outros pontos interessantes que fazem da E. coli um indicador ideal, são:

  • Está presente em número elevados nas fezes, logo, se alimentos ou água estiverem contaminados com ela, significa que existe a presença de fezes;
  • E as técnicas usadas para sua identificação, são rápidas, precisas e simples. O que facilitam a sua contagem e detecção.

Staphylococcus aureus

Essa bactéria gram-positiva, pode ser um sinal de que existe a contaminação por enterotoxinas.

Além disso, demonstram que, durante a manipulação do alimento ou objeto estudado, houve, possivelmente uma falha, o que explicaria seus altos níveis presentes.

Isso pois, a S. aureus, está presente em abundância nas mãos e no ambiente externo e, por esse motivo, se contamina algum alimento, é porque esse não foi manipulado cuidadosamente.

Bolores e leveduras

Ainda que a maioria dos microrganismos indicadores usados sejam bactérias, os fungos também podem ser bastante úteis para esse fim.

Os bolores e as leveduras, são muito importantes para determinar a contaminação de algum alimento.

Um exemplo clássico, é quando se tem o bolor no pão amanhecido, fato que, geralmente, indica uma contaminação por micotoxinas e torna o alimento inapropriado para o consumo.

Mais links sobre o assunto:

Separamos um vídeo sobre o tema, para você:

Como combater os microrganismos indicadores?

Lavar sempre as mãos antes de realizar qualquer procedimento

Descrição Acessível: duas mãos com sabão recebendo água de uma torneira para realizar a higiene. Este ato acontece dentro de uma pia.

Agora que você já conhece as características e os principais microrganismos indicadores existentes, precisa entender, como profissional da área da saúde, a forma correta de combate-los.

Em primeiro lugar, é sempre bom lembrar a importância da lavagem das mãos, pois é ela que impede a propagação de patógenos para outras pessoas.

Além disso, lavar os alimentos e ferver a água, são orientações que devem ser dadas a população que se encontra em um local de contaminação.

Ademais, deve-se alertar sobre os perigos de beber água diretamente dos rios e indicar que não realizem suas necessidades fora dos locais adequados.

Por último, é preciso que se cobre dos políticos responsáveis as melhorias sanitárias básicas e o encaminhamento daqueles que apresentam doenças para o tratamento adequado.

Referências bibliográficas
Micro-organismos indicadores. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/3429000/mod_resource/content/1/Aula%202%20-%20Indicadores%20-%20Prof%20Uelinton.pdf, acesso em 06 de janeiro de 2019.
Microrganismos indicadores. Disponível em: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/farmacia/microorganismos-indicadores/22482, acesso em 06 de janeiro de 2019.
Microrganismos indicadores. Disponível em: https://slideplayer.com.br/slide/1264995/, acesso em 06 de janeiro de 2019.

Gostou? Então compartilhe com todos aqueles os quais essas informações seriam úteis! :)

Contato

Redação do site

Técnico em Enfermagem em Site
Site focado na profissão Técnico em Enfermagem com eixo tecnológico em ambiente e saúde.
Temos qualificação profissional em APH - Atendimento Pré-Hospitalar na qualidade de aluno.
A nossa redação têm Certificado de Honra ao mérito do Coren-RS como melhor desempenho no curso.
Redação do site
Contato

Últimos posts por Redação do site (exibir todos)

Compartilhe:
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *