Cidade de Parnamirim em RN

Concurso PARNAMIRIM RN



Informações gerais

Concurso PARNAMIRIM RN

  • Vagas: 116 + 7 (Pessoa c/deficiência) e ESF com 51 + 3 (Pessoa c/deficiência)
  • Salário: R$ 998,00
  • Horas semanais: 40
  • Local da Inscrição: www.comperve.ufrn.br
  • Período de inscrições: de 11/03/2019 a 01/04/2019
  • Links relacionados ao concurso:

exercer atividades de nível médio, envolvendo orientação e acompanhamento do trabalho de enfermagem em grau auxiliar, cabendo-lhe assistir ao enfermeiro:

  • a) no planejamento, programação, orientação e supervisão das atividades de assistência de enfermagem;
  • b) na prestação de cuidados diretos de enfermagem a pacientes em estado grave;
  • c) na prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral em programas de vigilância epidemiológica;
  • d) na prevenção e controle sistemático da infecção hospitalar;
  • e) na prevenção e controle sistemático de danos físicos que possam ser causados a pacientes durante a assistência à saúde;

Na execução dos programas e nas atividades de assistência integral à saúde individual e de grupos específicos, particularmente daqueles prioritários e de alto risco, bem como nos programas de higiene e segurança do trabalho e de prevenção de acidentes e de doenças profissionais e do trabalho; executar atividades de assistência de enfermagem, excetuadas as privativas do enfermeiro, previstas legalmente; integrara equipe de saúde; executar outras tarefas de mesma natureza ou nível de complexidade associado à sua especialidade ou ambiente.

Simulado gratuito

Super Simulado
Conhecimentos Específicos
Legislação
Matemática
Português

Conteúdos

Português
Organização do texto. 1.1. Propósito comunicativo. 1.2. Tipos de texto (dialogal, descritivo, narrativo, injuntivo, explicativo e argumentativo). 1.3. Gêneros discursivos. 1.4. Mecanismos coesivos. 1.5.Fatores de coerência textual. 1.6.Progressão temática. 1.7. Paragrafação. 1.8. Citação do discurso alheio. 1.9. Informações implícitas. 1.10. Linguagem denotativa e linguagem conotativa. 2. Conhecimento linguístico. 2.1. Variação linguística. 2.2. Classes de palavras: usos e adequações. 2.3. Convenções da norma padrão (no âmbito da concordância, da regência, da ortografia e da acentuação gráfica). 2.4. Organização do período simples e do período composto. 2.5. Pontuação. 2.6. Relações semânticas entre palavras (sinonímia, antonímia, hiponímia e hiperonímia).

Conhecimentos Específicos
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)

1.1. Reforma Sanitária e evolução histórica das políticas de Saúde no Brasil. 1.2. Princípios doutrinários e organizativos: bases legais e normatização; financiamento; aspectos teóricos, programas e políticas. 1.3. Redes de Atenção à Saúde (RAS) no âmbito do SUS: atributos, elementos, funções e redes prioritárias. 1.4. Participação e Controle Social no SUS. Desafios atuais do SUS.

2.PROCESSO DE TRABALHO EM ENFERMAGEM.

2.1. Código de Ética e Lei do Exercício Profissional da Enfermagem; Entidades de Classe na Enfermagem. 2.2. O processo de trabalho em saúde e em enfermagem: Sistematização da Assistência de Enfermagem. 2.3. Processo de comunicação, relacionamento interpessoal e terapêutico, meios de comunicação nos serviços de saúde, registro de enfermagem. 2.4. Estatuto do Idoso; Estatuto da criança e do adolescente (ECA). 2.5. Prevenção e Controle da Infecção Hospitalar (IH) ou Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (IRAS): conceitos, causas, prevenção, controle, indicadores e tratamento. 2.6. Medidas de Biossegurança e Práticas em Segurança do Paciente nos serviços de saúde; Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP). 2.7. Norma Regulamentadora nº 32 do Ministério do Trabalho. 2.8. Centro de Material e Esterilização: métodos, técnicas, soluções usadas, processos de limpeza, preparo, desinfecção, esterilização, monitoramento do processo de esterilização e armazenamento. Manuseio de materiais estéreis. 2.9. Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde.

3.ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM SAÚDE

3.1. Política Nacional de atenção básica: Estratégia Saúde da Família/Núcleo de apoio a Saúde da Família (NASF)/Consultório na Rua/Atenção domiciliar/Visita domiciliária/Programa Saúde na Escola (PSE).3.2. Conceitos de territorialização, micro-área e área de abrangência; cadastramento familiar e territorial. 3.3. Rede de Atenção à Saúde (RAS) no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS): atributos, elementos, funções e redes prioritárias da RAS. 3.4. Estratégia amamenta e alimenta Brasil/Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A/Saúde na Escola.3.5. Planejamento, gerenciamento e avaliação das ações de saúde na atenção primária e na estratégia saúde da família: atribuições do técnico em enfermagem. 3.6. Vigilância em Saúde; PORTARIA GMN. 204, de 17 de fevereiro de 2016. 3.7. Epidemiologia, vigilância, prevenção e controle das doenças transmitidas por alimentos, doenças infecciosas e parasitárias, doenças relacionadas ao trabalho e doenças e condições crônicas no Brasil e no mundo; acidentes e violência; transição epidemiológica e demográfica no Brasil e no mundo, Sistemas de Informação em Saúde e Indicadores de saúde.3.8. Programa Nacional de Imunização (PNI): calendários atuais de vacinação, rede de frio e cuidados de enfermagem na conservação, transporte e administração de vacinas. Eventos adversos relacionados às vacinas; Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE).

4.ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A CLIENTE EM TRATAMENTO CLÍNICO E CIRÚRGICO.

4.1. Semiotécnica aplicada a Enfermagem 4.2. Assistência de enfermagem aos pacientes clínicos e cirúrgicos com problemas nos sistemas respiratório, digestório, cardiovascular, endócrino e metabólico, neurológico, hematológico e imunológico, músculo esquelético e articular, genitourinário e tegumentar.

5.ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A CLIENTES EM SITUAÇÕES DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA E EM ESTADO GRAVE.

5.1. Cuidados de enfermagem em acidentes que caracterizam situações de urgência e emergência. Assistência de enfermagem nas emergências neurológicas e cardiovasculares. 5.2. Suporte Básico (SBV) e Avançado de Vida (SAV).5.3. Cuidados de enfermagem ao paciente em Unidade de Terapia Intensiva ou semiintensiva.

6.ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM À MULHER, À CRIANÇA, AO ADOLESCENTE, AO HOMEM E AO IDOSO

6.1. Rede cegonha. Planejamento familiar e direito reprodutivo. Pré-natal. Trabalho de parto e parto: processo de trabalho de parto e parto normal. Complicações na gravidez, no parto e no puerpério. Climatério e Menopausa. 6.2. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC). Assistência de enfermagem à criança (recém-nascido ,lactente, pré-escolar e escolar) e ao adolescente na atenção básica, de média e alta complexidade. Acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil. Teste do pezinho, da orelhinha, do olhinho, do coraçãozinho e da língua. Saúde bucal. Alimentação da criança e do adolescente. 6.3. Política Nacional de Atenção Integral da Saúde do Homem/PNAISH. 6.4. Política Nacional de Atenção Integral da Saúde do Idoso.

7.ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL.

7.1. Políticas de Saúde Mental no Brasil. 7.2. Assistência de enfermagem aos pacientes portadores de transtornos mentais e/ou em abuso e dependência de substâncias psicoativas.

Banner da apostila digital

Contato

Diego Lopes

Técnico em Enfermagem em Site
Formado em Técnico em Enfermagem com eixo tecnológico em ambiente e saúde.
Qualificação profissional em APH - Atendimento Pré-Hospitalar na qualidade de aluno.
Certificado de Honra ao mérito do Coren-RS como aluno que apresentou o melhor desempenho no curso.
Escritor nas horas vagas e fundador do site www.tecnicoemenfermagem.net.br.
Contato

Últimos posts por Diego Lopes (exibir todos)

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *