boca aberta com dentes gastos



Já ouviu falar sobre um distúrbio do sono chamado bruxismo?

Se não, então chegou a hora de conhecer mais a respeito. Fique com a gente e confira!

Existem diversos distúrbios do sono na atualidade sendo que, um o qual está se tornando bastante comum, é o bruxismo.

Esse hábito de ranger os dentes ou morder com força enquanto se dorme é um sério problema de saúde publica, já que, o mesmo, pode trazer diversas consequências para os pacientes.

Dentre os problemas advindos desse mal, temos: dores de cabeça, perdas dentárias e sérios problemas ósseos.

Por isso, é de extrema importância que profissionais da área da saúde saibam identificar e tratar essa doença de maneira rápida e eficaz.

Pensando nisso, hoje vamos nos aprofundar mais nesse tema e ensinar para você: o que é, as causas, o diagnóstico e o tratamento dessa patologia.

Quer saber mais a respeito? Então continue com a gente e descubra mais a seguir!

O que é o bruxismo?

dentes gastos pelo bruxismo

O bruxismo, nada mais é, do que o ato de ranger ou bater os dentes durante o sono.

Normalmente, todas as pessoas têm certo grau do problema, principalmente, quando estão na fase dois do sono.

Porém, quando essa atitude é realizada em excesso, acaba prejudicando a vida de quem o porta, pois, essa pessoa, começa a apresentar sinais e sintomas como:

  • Dores de cabeça;
  • Rigidez na musculatura facial e mandibular;
  • Lesões nos dentes;
  • Desgaste do esmalte dentário;
  • Problemas na gengiva;
  • Problemas na articulação temporomandibular.

Sendo assim, não é interessante, nem para a pessoa, nem para o sistema de saúde, a apresentação desse problema.

Visto que, as consequências advindas da situação, são complexas e prejudicam a saúde.

Além disso, essa patologia, não se limita ao horário noturno.

Pois, ela também pode aparecer pelo dia recebendo o nome de briquismo, o qual é mais facilmente controlado.

Quais as causas do Bruxismo?

pessoa rangendo os dentes

Descrição acessível: mulher rangendo os dentes com o dedo na bochecha.

Infelizmente, as causas do bruxismo ainda não estão totalmente elucidadas.

O que se sabe é que ela pode está ligada a genética, mas ainda não conseguiram encontrar nenhuma justificativa evolutiva para tal.

Fora isso, a hipótese mais aceita, é da relação dessa doença com problemas psicológicos.

Isso porque, quando estamos estressados é comum que a musculatura da região mandibular fique mais enrijecida.

Ademais, já foi comprovado o fato de que, as pessoas que apresentam os graus de bruxismo mais extremos, são, geralmente, aquelas que têm problemas como depressão ou ansiedade.

Essa situação acaba justificando o fato do aumento dessa doença em nosso meio.

Pois, a modernidade trouxe uma maior carga de trabalho e informações o que, ainda que tenha muitos pontos positivos, causa mais estresse e doenças mentais.

Links relacionados:

Como fazer o diagnóstico deste distúrbio?

pessoa com sintoma de bruxismo

Descrição acessível: homem com dor por causa do bruxismo. Está com os olhos fechados. Um mão está em sua testa e a outra em sua bochecha.

Um ponto importante, que sempre deve estar no foco dos profissionais da área, é o de como realizar o diagnóstico.

Para isso, é preciso estar atento aos sintomas que o paciente relatará na consulta.

Além disso, um exame físico bem feito na região bucal pode revelar os desgastes dentários e outros sinais que levarão a suposição da patologia.

Todavia, de modo geral, é muito comum que, quando uma pessoa vai ser consultada, acaba relatando que foi buscar ajuda porque, alguém que dormia com ela, acordou com o barulho.

Sendo assim, também é preciso investigar, minunciosamente, os relatos dos acompanhantes do paciente.

Entretanto, em caso de dúvidas, alguns exames, como a polissonografia (exame que avalia a qualidade do sono), também podem ser pedidos para que o diagnóstico fique mais preciso.

Veja um vídeo sobre o tema:

Como realizar o tratamento?

boca aberta com bruxismo

Descrição acessível: boca aberta com diversos dentes gastos pelo bruxismo.

Ainda não existe um tratamento específico para o bruxismo, porém, podem ser tomadas algumas medidas para o alivio dos sintomas.

Primeiramente, em relação aos medicamentos, os ansiolíticos podem ser usados para ajudar em casos de patologias psíquicas, tendo, claro, que serem controlados por um médico especialista.

Fora isso, algo bastante comum é a utilização de placas interoclusais de silicone ou de acrílico, feitas sobre medida, para serem usadas durante a noite.

Essas placas, quando usadas corretamente, podem retardar o aparecimento de problemas dentários.

Ademais, algumas indicações para mudanças nos hábito de vida podem ser fundamentais para o tratamento, as quais devem ser sugeridas por profissionais da área da saúde quando entrarem em contato com o doente.

São elas:

  • Evitar morder coisas como lápis ou pontas de canetas;
  • Fazer yoga e exercícios físicos para controlar o estresse;
  • Usar a placa interoclusal durante o dia se o problema for notado;
  • Consultar o dentista com regularidade para evitar o aparecimento de problemas mais graves;
  • Tratar a saúde mental e ficar atento para sinais de ansiedade ou depressão.
  • Dessa forma, a qualidade de vida do paciente será elevada e muitas intercorrências de saúde podem ser prevenidas.

Conclusão

Agora que você já conhece mais sobre o bruxismo, deve ficar sempre atento aos casos em que os sintomas destacados anteriormente aparecerem.

Logo, se um paciente relatar a situação e você tiver a suspeita desse mal, mas não for o profissional que poderá tratá-lo, precisa referenciá-lo para quem possa.

Normalmente, dentistas acabam fazendo grande parte do tratamento, porém, nada impede que os diversos profissionais da área da saúde intervenham com recomendações e sugestões para a melhora do quadro.

Dessa forma, pode-se trabalhar de maneira multidisciplinar e interdisciplinar para resolver o problema da pessoa.

Gostou? Então ajude mais pessoas a ficarem por dentro do assunto compartilhando esse artigo com aqueles que também atuam na área da saúde ou que você acredita que sofrem com o problema!

Referências

Bruxismo. Disponível em: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/bruxismo-2/, acesso em 15 de março de 2019.

Naruhodo #138 – O que é bruxismo do sono? Disponível em:
https://open.spotify.com/episode/0BlG0LFkn4pDpr3aih5HwL?i=QJVjvV7XSxa
xBTxiIn1PWg, acesso em 15 de março de 2019.

O que o bruxismo tem a ver com seu estado mental – e por que muita gente não sabe que tem? Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-40650491, acesso em 15 de março de 2019.

Contato

Redação do site

Técnico em Enfermagem em Site
Site focado na profissão Técnico em Enfermagem com eixo tecnológico em ambiente e saúde.
Temos qualificação profissional em APH - Atendimento Pré-Hospitalar na qualidade de aluno.
A nossa redação têm Certificado de Honra ao mérito do Coren-RS como melhor desempenho no curso.
Redação do site
Contato

Últimos posts por Redação do site (exibir todos)

Compartilhe:
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *