Saúde bucal do bebe

A amamentação proporciona inúmeros benefícios para a saúde do bebê, sendo que alguns estão diretamente ligados à saúde bucal. Ela contribui diretamente para o crescimento dos ossos e dos músculos, correto posicionamento de dentes e língua, além de auxiliar a respiração e a fala.

O leite materno é considerado o melhor alimento do ponto de vista nutricional. Ele exerce um papel de grande importância contra a mortalidade infantil, além de proporcionar à criança amamentada mais satisfação de suas necessidades emocionais por meio do contato estabelecido entre mãe e filho.

A amamentação por sua vez, é considerada indispensável nos primeiros meses de vida de uma criança, tanto para seu desenvolvimento físico como emocional. O que muitas pessoas acabam por não saber é que a prática é de suma importância para a saúde bucal dos bebês, auxiliando em fatores como o crescimento adequado do crânio, fortalecimento dos dentes, redução nas chances de hábitos de sucção nocivos, qualidade dos tecidos dentários e diminuição do risco de cáries.

Amamentação e saúde bucal

O aleitamento materno é de grande importância para o desenvolvimento da dentição de um bebê, fazendo com que os dentes se encaixem de forma adequada. Além disso, é um ótimo fator estimulante na desenvoltura da musculatura da boca e da face.

Dentre os outros benefícios que o aleitamento materno traz para a saúde bucal do bebê, se encontram:

  • Desenvolvimento de ossos maxilares: Toda vez que o bebê mama, é incentivado o crescimento dos ossos maxilares, estes que, são de grande importância pois irão receber os dentes alguns meses mais tarde;
  • Formação da dentição: Outro aspecto muito importante sobre a amamentação é que a mesma garante o posicionamento dos dentes e uma boa formação da dentição;
  • Musculatura da boca: O exercício de sucção trabalha toda a musculatura da boca do bebê. Ele engloba todos os músculos da língua, da bochecha e dos lábios. Ajudando assim, no desenvolvimento e no fortalecimento desses determinados músculos.

Mas não se esqueça, é essencial sempre lembrar dos cuidados com a higiene bucal da criança. É necessário que entre as refeições seja feita uma limpeza na gengiva e na língua através de uma gaze umedecida.

Dessa forma, é evitado o acúmulo do leite nos cantos da boca do bebê, que por sua vez, garante que os dentes nasçam mais fortes e saudáveis.

Além dos cuidados com a higienização bucal dos pequenos, é importante que os bebês façam um acompanhamento com um odontopediatra desde cedo para auxiliar no hábito de higienização e na prevenção da saúde bucal.

Vale a pena investir em um plano de saúde odontológico desde cedo?

Ter a segurança de um plano odontológico particular e iniciar as visitas de rotina ao dentista desde cedo é muito benéfico para a vida dos bebês. Se acostumada, a criança tende a criar um vínculo afetivo e de confiança com o profissional.

A odontopediatria afirma que isso contribui não somente na prevenção para manter a saúde da gengiva dos bebês e garantir a saúde de dentições futuras, mas também, para ajudá-los a criar o hábito de cuidar dos dentes adequadamente.

Caso você esteja confuso com a escolha do plano para o seu bebê é ideal conversar com um odontopediatra e analisar as melhores opções. Também pode-se buscar opiniões via internet, use palavras-chave como por exemplo, “plano odonto bebês”, assim, você irá encontrar os tópicos de maior relevância do assunto de forma rápida.

Vale lembrar que os pais também devem tomar essas precauções! Se na empresa em que você trabalha é oferecido o plano dental empresarial, não perca tempo e marque uma consulta para saber como anda a saúde dos seus dentes.

Outros benefícios

aleitamento materno, Agosto Dourado

Além dos benefícios que auxiliam em questões relacionadas com a saúde bucal dos bebês, o leite materno possui anticorpos que dão imunidade para a criança contra diversas doenças, protegendo-as até que o sistema imunológico dos pequenos esteja desenvolvido.

  • O leite materno atende todas as necessidades de nutrientes e sais minerais da criança até os seis meses de idade;
  • Provoca menos cólicas nos bebês pois é fácil de ser digerido;
  • Colabora para a formação do sistema imunológico, além de prevenir alergias, obesidade e intolerância ao glúten;
  • Contém uma molécula chamada PSTI que é responsável por proteger e reparar o intestino delicado dos recém-nascidos;
  • Aumenta o vínculo entre mãe e filho e colabora para que a criança tenha relações com outras pessoas;
  • Previne anemia;
  • O ômega 3 presente no leite materno ajuda no desenvolvimento e crescimento dos prematuros nos primeiros meses de vida;
  • Bebês que mamam no peito até os seis meses têm menos risco de desenvolver asma e artrite reumatoide, além de receber uma proteína que combate vírus e bactérias do trato gastrointestinal.

Além dos benefícios para os bebês citados acima, a amamentação também traz ótimas melhorias para a saúde da mãe. São essas:

  • Ajuda no desprendimento da placenta, contribuindo para a volta do útero ao tamanho normal. Isso também evita o sangramento excessivo e consequentemente, que a mãe sofra de anemia;
  • Protege a mãe contra o câncer de mama e ovário;
  • Reduz o risco da mulher desenvolver síndrome metabólica, como doenças cardíacas e diabetes após a gravidez;
  • Protege a mãe contra doenças cardiovasculares;
  • Queima calorias, alivia o estresse e previne a mãe de doenças como a osteoporose.

Para as mamães

A amamentação é um processo natural, porém, age diferente no corpo de cada mulher.

Muitas mães precisam de ajuda em algum momento, portanto, não tenha medo de tirar dúvidas relacionadas ao tópico com seu médico ou até mesmo, ver relatos de outras mulheres sobre o assunto, isso pode te ajudar na hora de amamentar. Afinal, o aleitamento materno é de suma importância tanto para a sua saúde, quanto para a do seu filho!

Conteúdo produzido por Victoria Mechenas, redatora na empresa Ideal Odonto

Redação do site
Contato
Compartilhe:
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *