aleitamento materno, Agosto Dourado

O aleitamento materno no Agosto Dourado



Agosto dourado, o mês do aleitamento materno é destinado simplesmente a reforçar os benefícios do aleitamento materno. Todo ano a campanha possuirá um tema diferente, porém sempre focado obviamente na amamentação.

Agora com a nova lei federal 13.435, o mês de agosto recebe uma dedicação especial ao aleitamento materno. Assim, ganhou uma cor e tornou-se para os brasileiros o “Agosto Dourado“.

aleitamento materno, Agosto Dourado

Já foi comprovada a eficácia do aleitamento materno?

O aleitamento materno é o que consegue definir com segurança um futuro mais saudável ao bebê. Afinal, conquista de forma comprovada a redução de até 13% na mortalidade em crianças de até cinco anos de idade no mundo.

Essa redução é referente a causas evitáveis. Em números, estamos falando de seis milhões de crianças salvas por ano por causa desse gesto.

As causas de mortes evitáveis ou reduzíveis são definidas como aquelas preveníveis, total ou parcialmente, por ações efetivas dos serviços de saúde que estejam acessíveis em um determinado local e época.

E, também, diminui o as chances de desenvolver doenças crônicas (hipertensão ou diabetes), assim como diarreias e infecções respiratórias.

Tornando-se uma importante arma contra a mortalidade infantil no País, já que ele é melhor devido a sua vantagem orgânica para digestibilidade, convertendo-se na alimentação perfeita na promoção do desenvolvimento e crescimento da criança.

Uma criança quando recebe o leite do peito tem menos chances de desenvolver sobrepeso e obesidade, caem drasticamente.

É bom frisar também que ao diminuir as chances, consequentemente diminui o risco de doenças cardiovasculares quando adultos.

A inteligência elevada, o desenvolvimento infantil rápido, escolaridade e renda maior quando adulto e o vínculo com a mãe são algumas outras vantagens que podemos citar que já possuem através de dados uma comprovação científica.

Já para as mamães existem pesquisas que apontam redução de alguns tipos de cânceres no intervalo das gestações.

aleitamento materno, Agosto Dourado

Benefícios do aleitamento materno

Para a criança

  • – No leite está tudo que é necessário ao bebê atingir meio ano.
  • – Como foi feito especialmente para o bebê, é mais fácil de digerir.
  • – Contém água.
  • – Ajuda na imunidade da criança, protegendo-a de diversas enfermidades.
  • – Sempre na temperatura ideal e completamente limpo.
  • – O vínculo entre os dois (mãe e criança) é mais fácil pela amamentação.
  • – A amamentação favorece um contato mais íntimo entre a mãe e o bebê.
  • – O melhor exercício para que a face do bebê desenvolva é o ato de sugar o peito. Além disso, desenvolve a comunicação, os dentes ficam mais apresentáveis e um sistema respiratório melhor.

Para a mamãe

  • – O peso será perdido mais rápido se amamentar.
  • – O útero terá auxílio para voltar ao normal, reduzindo chances de ter hemorragia pós-parto.
  • – Diminui as chances de ter diabetes
  • – Chances de câncer de mama e/ou de ovário é reduzida.
  • – Reduz a chances de outra gravidez até o primeiro meio ano, porém, é necessário amamentar toda vez que o beber desejar, ou seja, a criança não poderá receber outro forma de alimentação. E não ter menstruado ainda.

aleitamento materno, Agosto Dourado

Um pouco de história

Até bem pouco tempo atrás, o leite materno era o único alimento que um recém-nascido recebia. Porém, este bom costume caiu desuso devido a diversos fatores como:

  • – Hospitalização para o parto;
  • – A industrialização com a promessa de um melhor alimento comparado ao materno;
  • – O culto ao corpo e o desejo de uma possível modificação por causa do aleitamento materno;
  • – O ingresso cada vez maior da mulher no mercado de trabalho.

Em 1920, era considerado apropriado misturar leite condensado com água e após dar as crianças. O costume era tão forte que se chamava “leite maternizado”.

Em 1974, aconteceu a primeira proibição de leite artificial nas maternidades públicas.

Em 1981, O Brasil concorda com um código internacional contra fórmulas de leite industrializado as crianças. Contudo, muitas pessoas até este ano acreditavam que não havia problema em substituir o leite do peito.

De 1990 a 2012, a taxa no Brasil de mortalidade infantil, caiu 70,5%.

Desde 1992, o planeta celebra a Semana Mundial de Aleitamento Materno, no período de 1º de agosto até o dia 7 de agosto.

Entre 2008 e 2014, 1,1 milhão de brasileiras doaram seu leite aos bancos do País, tornando o Brasil a nação com mais doadoras no mundo.

Em 2016, o estado de Pernambuco arrecadou 8,8 mil litros de leite materno de 6,5 mil doadores. Essa doação foi destinada para 11 mil crianças.

Há uma meta global a ser atingida até 2025, que pelo menos 50% dos lactentes receberem o aleitamento materno.

aleitamento materno, Agosto Dourado

A mãe pode amamentar e também doar?

Por mais completo que seja, nem todas as mães conseguem oferecer aos filhos. E assim, é necessária a utilização de banco de leites. Mesmo com doações frequentes a demanda também é grande e consequentemente o estoque está sempre no limite.

Claro que é necessário cuidados básicos para realizar a doação. Por exemplo:

  • – Deve-se estocar em frascos de vidro com bocas largas e suas tampas precisa ser de plástico;
  • – Ferver por 15 minutos o frasco dentro da água. E a contagem começa quando começar a ferver;
  • – Ter uma higiene adequada para realizar a coleta onde os braços devem ser lavados com água e sabão;
  • – As mamas devem ser limpas com água somente;
  • – Secam-se as mãos e mamas com uma toalha limpa;
  • – Usar algo que cubra os cabelos como uma touca;
  • – E máscara sobre o nariz;

Durante um ano e meio, doei 470 litros de leite. Somente do Hospital Jesus Nazareno, em Caruaru, foram 387 litros. Eu amamentava minha filha e ainda sobrava muito leite – Michele doou leite para a Maternidade Bandeira Filho.

aleitamento materno, Agosto Dourado

Não sou mãe e quero ajudar. O que faço?

Sabemos que a participação especial nas doações é destinada as mães que realizam doações de seu leite. Porém, existem sim mais formas desse belo gesto acontecer.

Os pais, pessoas em gerais e até os empregadores podem ajudar. A educação da importância tanto de amamentar quanto de doar e a mobilização social causam:

  • – 86% a iniciação de amamentar;
  • – 20% o uso de leite materno para aleitamento.

Segundo dados da Universidade Federal de Pelotas com a parceria de mais instituições de ensino.

Bom, e isso acontece com gestos simples como repassando experiências, ajudando em tarefas do lar e até coletando potes de vidros.

aleitamento materno, Agosto Dourado



Quais as leis que temos para o Agostou Dourado e/ou ligado ao assunto da amamentação?

Bom, como já falamos anteriormente o chamado Agosto Dourado está amparado pela Lei Federal 13.435/2017. Já as empresas possuem incentivos fiscais caso estendam a licença maternidade em mais 60 dias através da Lei 11.770/2008.

E por fim o Marco Legal da Primeira Infância antevê o aumento em 15 dias, tornando 20 dias a licença paternidade pela Lei 13.257/2006.

Já em recife, especificamente no dia 26 de julho de 2017 foi aprovada a lei que garante os 20 dias aos pais que são servidores públicos municipais.

Outra maneira de evitar ausência das mães que amamentam no trabalho, aumentar a satisfação das mesmas com a empresa empregadora e ao mesmo tempo ajudar na continuidade da amamentação, é a criação de uma Sala de Apoio à Mulher Trabalhadora que Amamenta na empresa.

aleitamento materno, Agosto Dourado

A política do aleitamento traz algum diferencial ao Brasil?

O País é simplesmente considerado um exemplo perfeito para os outros países sobre essa questão. Como já falamos, desde 1981 possuímos um programa voltado a promover o aleitamento materno.

E, por isso, a nossa evolução de ações para este tema estão dentro do sistema de saúde nacional. Afinal, são vários anos de esclarecimentos, apoio e combate a favor desta ideia.

Dentre essas ações temos:

  • – A rede de banco de leite humano (a maior do mundo);
  • – Hospitais amigos da criança (Promoção dos 10 passos para o sucesso da amamentação);
  • – Novamente Hospitais amigos da criança (Boas práticas de atenção ao parto);
  • – Estratégia amamenta e alimenta Brasil (promoção da amamentação na atenção básica);
  • – Leis voltadas à amamentação (por exemplo, licença maternidade de 120 dias);
  • – Semana da amamentação (anualmente comemorado em 150 países);

aleitamento materno, Agosto Dourado

Os profissionais da saúde podem fazer a diferença?

Sim, claro! Foi realizado um estudo com o seguinte tema: “Porque investir e o que será necessário para melhorar as práticas da amamentação?” nele constatou-se que quando existem intervenções somadas ao sistema de saúde com o auxílio da comunidade, gera um aumento de 2,5 vezes o aleitamento materno exclusivo.

Também ficou visível que em locais com profissionais capacitados que recebem as mães pelo menos 7 vezes para esclarecimento de dúvidas, o índice de amamentação aumenta.

Mostrando assim que cabem aos profissionais eliminar mitos, preconceitos e atualizar a população quanto esta questão.

O aconselhamento em bancos de leite aumenta na média em 49% o aleitamento exclusivo e 66% a amamentação.

aleitamento materno, Agosto Dourado

7 conselhos importantes dados por profissionais

Cuide-se

A mãe e o pai precisam ter um estilo de vida saudável antes mesmo de conceber o criança.

Pré-natal

A redução do parto prematuro assim como complicações para mãe o bebê acontece quando existe um pré-natal correto.

Apostar na variedade

Um cardápio colorido e natural aumenta a exposição do bebê (mesmo na barriga da mãe) a nutrientes e sabores bem-vindos.

Mesmo antes de nascer um refeição feita pela mão leva importantes nutrientes para o bebê. Por isso, prefira alimentações variadas e naturais.

Exercício com orientações

Pratique atividade física quando estiver grávida, pois, o fluxo de sangue melhora dando uma oxigenação excelente ao bebê.

Leite do peito

Para diminuir obesidade, dar um crescimento adequado e ainda diminuir doenças ao bebê é bem fácil, basta dar somente leite do peito até o primeiro meio ano de vida.

Estimulando ao máximo adequado

Estimule o bebê com músicas, histórias e brinquedos seguros.

O momento correto da comida

Após o primeiro meio ano de vida, comece calmamente as novas opções de alimentação como papinhas, por exemplo. E caso a criança negue na primeira vez, insista mais uma já que o sabor é novo para ela

Um pouco sobre a meta da campanha do Agosto Dourado

Indiferente do ano que estivermos à meta principal sempre será divulgar e conscientizar toda a população que o aleitamento materno vai além dos serviços da saúde.

Onde quando ocorre o ato de amamentar acaba por consequência diminuindo internações e doenças. E, por isso, os custos em investimentos na saúde reduzem. Saiba mais sobre saúde no artigo: Definição de saúde.

Duas em cada três mulheres têm dificuldade em amamentar. – Sociedade Brasileira de Pediatria

aleitamento materno, Agosto Dourado

Agosto Dourado

São sete dias com total dedicação em diversos países para promover a amamentação e mesmo assim, depois de vinte anos, nem todas as pessoas conhecem essa causa tão nobre e importante.

Não existe mais contradições sobre as vantagens fisiológicas, psicológicas e sócio econômico culturais ao praticar o aleitamento materno entre mãe e bebê. – Rodrigo Carvalho – nutricionista, membro da Rede IBFAN Brasil.

O envolvimento é tão perfeito que foi possível reunir na mesma causa até hoje para promover, apoiar e proteger:

  • – Líderes governamentais;
  • – Organizações não governamentais;
  • – Comunidades de cunho científico;
  • – Comunidades formada pela população local;
  • – Grupos de religiões diversas;
  • – Etc;

Sendo assim, com toda essa relevância, importância e perspectivas futuras de melhor qualidade a todos, o leite merecia uma atenção especial. E assim, surgiu a ideia do mês de agosto ser destinado a esta causa.

E para fazer jus a sua importância foi eleito à cor dourada. O tope que representa além da delicadeza do ato, faz referência à união de todos e a díade mãe/bebê.

Tenhamos esperança que assim como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, o “Agosto Dourado” seja sempre lembrando.

A Lei destinada ao Agosto Dourado foi elaborada pela Deputada Dulce Miranda e a relatora do projeto em Plenário foi à senadora Gleisi Hoffmann.

Separamos uns vídeos sobre o assunto:

Para baixar:

Slides para apresentação em aula:

Pronto – GRÁTIS

 

E para finalizar, mais links sobre o assunto:

Referências bibliográficas:

C. Rollins, Nigel; K. Lutter, Chessa; Bhandari, Nita; Hajeebhoy, Nemat; Horton, Susan; C. Martines, José; G. Piwoz Ellen; M. Richter, Linda; G. Victora, César. “Por que investir e o que será necessário para melhorar as práticas de amamentação?”; Scielo. Disponível em <http://scielo.iec.pa.gov.br/pdf/ess/v25n1/Amamentacao2.pdf>. Acesso em 17 de agosto de 2017.
Oliveira, Wagner; de Souza, Aline. “Agosto Dourado incentiva sociedade a apoiar o aleitamento materno”; Diário de Pernambuco. Disponível em <http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2017/08/06/interna_vidaurbana,716273/agosto-dourado-incentiva-sociedade-a-apoiar-o-aleitamento-materno.shtml>. Acesso em 17 de agosto de 2017.
Carvalho Malta, Deborah; Carmen Duarte, Elisabeth; Furquim de Almeida, Márcia; de Salles Dias, Maria Angélica; Limbânio de Morais Neto, Otaliba; de Mora, Leonildo; Ferraz, Walter; de Fátima marinho de Souza, Maria. “Lista de causas de mortes evitáveis por intervenções do Sistema Único de Saúde do Brasil”; Portal da Saúde. Disponível em <http://svs.aids.gov.br/dashboard/download/lista_causas_mortes_evitaveis.pdf>. Acesso em 17 de agosto de 2017.
Carvalho, Rodrigo. “Agosto Dourado”; Aleitamento. Disponível em <http://www.aleitamento.com/eventos/conteudo.asp?cod=199>. Acesso em 17 de agosto de 2017.
da Redação. “Agosto dourado pela amamentação materna é aprovado em Plenário”; Senado Notícias. Disponível em <http://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2017/03/22/agosto-dourado-pela-a-amamentacao-materna-e-aprovado-em-plenario>. Acesso em 17 de agosto de 2017.
Bonfim, Cristiane; Sá, Marcus; Rackel, Helga. “Agosto Dourado: leite materno ajuda no tratamento de crianças com alergias”; Governo do Estado do Ceará. Disponível em <http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/20978-agosto-dourado-leite-materno-ajuda-no-tratamento-de-criancas-com-alergias>. Acesso em 17 de agosto de 2017.
Portal Brasil. “Brasil é referência mundial em aleitamento materno”; Portal Brasil. Disponível em <http://www.brasil.gov.br/saude/2017/08/brasil-e-referencia-mundial-em-aleitamento-materno>. Acesso em 17 de agosto de 2017.
Dorazio, Bia. “Agosto Dourado”; G1. Disponível em <http://g1.globo.com/sp/presidente-prudente-regiao/blog/nutricao-pratica/post/agosto-dourado.html>. Acesso em 17 de agosto de 2017.
Pereira, Regina Célia. “Livro ensina o que fazer nos 1000 dias mais importantes do bebê”; Saúde Abril. Disponível em <http://saude.abril.com.br/familia/os-1000-dias-do-bebe/>. Acesso em 17 de agosto de 2017.

Se você gostou desse artigo sobre o aleitamento materno no Agosto Dourado, clique em algum dos ícones de compartilhamento abaixo para ajudar a divulgá-lo.
:)

Contato

Diego Lopes

Técnico em Enfermagem em Site
Formado em Técnico em Enfermagem com eixo tecnológico em ambiente e saúde.
Qualificação profissional em APH - Atendimento Pré-Hospitalar na qualidade de aluno.
Certificado de Honra ao mérito do Coren-RS como aluno que apresentou o melhor desempenho no curso.
Escritor nas horas vagas e fundador do site www.tecnicoemenfermagem.net.br.
Contato

Últimos posts por Diego Lopes (exibir todos)

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *